O JOGO DE REGRAS E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DE VALORES EM CRIANÇAS DE 7 A 10 ANOS

Anna Sylvia Camargo Correa Lima, Tiago Aquino da Costa e Silva, Alipio Rodrigues Pines Junior

Resumo


O jogo, como ferramenta de desenvolvimento integral da criança, facilita a compreensão de onde está inserida, e toda e qualquer ação realizada, será impactada diretamente na sua vida e na sociedade que o permeia. Toda a prática tem um objetivo a ser alcançado, e qualquer que seja sempre terá como intenção formar cidadãos, com princípios e valores que envolvem determinada sociedade. Esse estudo tem por propósito analisar a importância da relação dos jogos de regras e as crianças de 7 a 10 anos. Os procedimentos metodológicos consistem em dois procedimentos. Primeiramente utilizou-se a abordagem dedutiva, onde parte de teorias e leis com princípios universais e previamente aceitos para a elaboração de conclusões sobre fenômenos universais ou particulares; e por fim O segundo procedimento é relativo ao tipo de pesquisa adotado, neste caso, a pesquisa indireta que é caracterizada pela utilização de informações, conhecimentos, e dados já coletados por outras pessoas e demonstrados de diversas formas. Considera-se por fim que através dos jogos de regras, por fim, podem ser trabalhadas as regras da nossa sociedade, a ética, a moral, pois, ao acertar essas normas e respeitá-las, as crianças estão aprendendo a conviver com a moral e com a ética tão presentes em nossa sociedade.


Texto completo:

PDF

Referências


SENA, S.; LIMA, J. M. O jogo como precursor de valores no contexto escolar. Rev. bras. educ. fís. esporte (Impr.) [online], vol. 23, n. 3, p. 247-262. 2009.

CAIADO, A. P. S.; ROSSETTI, C. B. Jogos de regras e relações cooperativas na escola:

uma análise psicogenética. Psicologia Escolar e Educacional, v. 13, n. 1, p. 87-95. 2009.

FREIRE, J. B.; SCAGLIA, A. J. Educação como prática corporal. São Paulo: Scipione, 2009.

PIAGET, J. O juízo moral na criança. Tradução de Lenardon, E. São Paulo: Summus, 1994.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.