APLICAÇÃO DA TEORIA DA INTEGRIDADE DE RONALD DWORKIN NA DECISÃO JUDICIAL

Ana Carolina Tavares

Resumo


O trabalho em questão analisa a Teoria da Integridade criada por Ronald Dworkin como forma de interpretação, objetivando a sua aplicação na decisão judicial. Neste artigo, discute-se a importância da integridade e da coerência no sistema jurídico, a fim de garantir a segurança jurídica e efetivar os direitos e garantias fundamentais. Apresenta-se ainda mudanças no Novo Código de Processo Civil influenciadas pela teoria de Dworkin. Importante destacar que no presente trabalho demonstra-se a contribuição de tal teoria para a evolução do Direito e concretização dos Direitos Fundamentais. A aplicação desta teoria é uma forma de manter íntegro o sistema jurídico, possibilitando a evolução social do Direito, além de ser uma das maneiras de evitar discricionariedades. Os métodos de procedimento usados foram os métodos histórico e hermenêutico e o tipo de pesquisa utilizada fora a bibliográfica, uma vez que o tema abordado é explanado em livros e doutrina.

Palavras-chave: Teoria da integridade. Dworkin. Decisão Judicial. Discricionariedades. 


Texto completo:

PDF

Referências


BAHIA, Alexandre; NUNES, Dierle; PEDRON Flávio. Precedentes no Novo CPC: É possível uma decisão correta? Disponível em: < http://justificando.com/2015/07/08/precedentes-no-novo-cpc-e-possivel-uma-decisao-correta-/>. Acesso em: 14 out. 2015.

BELTRAMI, Fábio. Princípios como solução dos hard cases. Teoria Dworkiniana. In: Âmbito Jurídico, Rio Grande, XIV, n. 92, set 2011. Disponível em: Acesso em: 27 out. 2015.

BOTELHO, Marcos César. A lei em Ronald Dworkin. Breves considerações sobre a integridade no Direito. INTERTEMAS-ISSN 2176-848X, v. 13, 2010.

DMITRUK, Erika Juliana. O princípio da integridade como modelo de interpretação construtiva do Direito em Ronald Dworkin. Revista Jurídica da UniFil, n. 04, 2007.

FARIA, Renato Luiz Miyasato de. Entendendo os princípios através de Ronald Dworkin. Revista Jus Navigandi, Teresina, ano 15, n. 2460, 27 mar. 2010. Disponível em: . Acesso em: 27 out. 2015.

LIMA, Gustavo Augusto Freitas de. A integridade do direito: de Kant a Dworkin. In: Âmbito Jurídico, Rio Grande, XV, n. 102, jul 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2015.

PRADO, Esther Regina Corrêa Leite. Os métodos interpretativos de Ronald Dworkin e o direito como integridade. In: Âmbito Jurídico, Rio Grande, XV, n. 106, nov 2012. Disponível em: . Acesso em: 05 nov. 2015.

SCHULZE, Clenio Jair. A teoria da decisão judicial em Ronald Dworkin. Revista de Doutrina da 4ª Região, Porto Alegre, n. 53, abri. 2013. Disponível em: < http://revistadoutrina.trf4.jus.br/artigos/edicao053/Clenio_Schulze.html> Acesso em: 05 nov. 2015.

STRECK, Lênio Luiz. Novo CPC terá mecanismos para combater decisionismos e arbitrariedades? Disponível em: < http://www.conjur.com.br/2014-dez-18/senso-incomum-cpc-mecanismos-combater-decisionismos-arbitrariedades>. Acesso em: 14 out. 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários




UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga - Revista Linhas Juridicas - © Todos os direitos reservados 2009/2015 - ISSN 2176-6460