PRÁTICAS METODOLÓGICAS NO ENSINO DE LÍNGUA ESPANHOLA: JOGOS LÚDICOS

Isabela GARCIA, Renata da Silva MONTANARI, Karina de OLIVEIRA

Resumo


O presente estudo visa a identificar o papel dos jogos lúdicos no ensino de Língua Espanhola, buscando reconhecer como essas atividades influenciam e motivam os estudantes. Devido aos problemas educacionais de desinteresse dos jovens, pretende-se comprovar a eficácia do lúdico nas aulas, pois esta é uma ferramenta que permite uma evasão da realidade, criando novos desafios aos discentes, tirando-os, assim, da rotina e promovendo o saber dos conteúdos da língua-alvo por meio da diversão. Além disso, o trabalho evidencia a importância social de os brasileiros aprenderem o idioma Espanhol e como o lúdico pode ser um grande potencializador na aquisição de conhecimento. No que diz respeito ao desenvolvimento da pesquisa, o corpus apresenta três experiências práticas de jogos lúdicos realizados pelas autoras, sendo eles, Jogo da Memória, Soletrando, Cara a Cara, consta ainda a análise dos resultados das atividades. O suporte teórico conta com estudos de Gretel Eres Fernández (2012), Johan Huizinga (2010), João Sedycias (2009), Tizuko Morchida Kishimoto (2011). E, por fim, os resultados obtidos reforçam a hipótese inicial do projeto, isto é, as atividades lúdicas, quando são bem elaboradas e realizadas em aulas de língua estrangeira, propiciam um ambiente mais acolhedor aos alunos, auxiliando-os a compreender melhor o conteúdo a ser ensinado. Assim, os resultados foram excelentes, já que os estudantes ressaltaram que aprenderam por meio do lúdico.

Palavras-chave: Lúdico. Jogos. Ensino de Língua Espanhola. Motivação.


Texto completo:

PDF

Referências


FERNÁNDEZ, Gretel Eres. Atividades lúdicas para a aula de Língua Estrangeira Espanhol: Considerações Teóricas e Propostas Didáticas/ Gretel Eres Fernández, Marília Vasques Callegari. -- São Paulo: IBEEP, 2012.

Gretel Eres. Estratégias motivacionais para aulas de espanhol / Gretel Eres Fernández, Marília Vasques Callegari. -- São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2009. (Série librería espanhola e hispano-americana).

HUIZINGA, J. Homo Ludens. 4 ed. São Paulo: Perspectiva, 1995.

KISHIMOTO, Tizuko M. (Org.). Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. 14 ed. São Paulo: Cortez, 2011.

SEDYCIAS, João. O Ensino do Espanhol no Brasil: passado, presente, futuro. São Paulo: Parábola Editorial, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga