PERFIL DO ESTILO DE VIDA DE HOMENS ADULTOS HIPERTENSOS E/OU DIABÉTICOS CADASTRADOS EM UM CONSULTÓRIO MUNICIPAL DO MUNICÍPIO DE VOTUPORANGA-SP

Eder Joaquim Esteves, Bruna Garcia de Azevedo, Susan Heloisa Ferrari Kuradomi Teixeira Rocha, Rosana Aparecida Benetoli Duran

Resumo


A Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH) visa qualificar a atenção à saúde da população masculina, visto que o homem tem como hábito a não adesão aos serviços de saúde como forma de reafirmar sua invulnerabilidade. O Diabetes Mellitus (DM) está entre as principais causas de morte nos países desenvolvidos, situado entre a 4ª e a 8ª posição. A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é também um grande problema de saúde pública no Brasil e no mundo. Observa-se que a qualidade e estilo de vida são fatores importantes no processo terapêutico para o controle da HAS e DM. O objetivo foi avaliar o perfil do estilo de vida de homens hipertensos e/ou diabéticos, de 20 a 59 anos, cadastrados no consultório municipal Dr. Martiniano Salgado do município de Votuporanga¿SP. Trata-se de um estudo de caráter descritivo, quantitativo e exploratório. Foram realizadas 44 buscas ativas, na qual foi aplicado um questionário a respeito do estilo de vida e o conhecimento da hipertensão e diabetes, além da mensuração desses dados, desenvolvido por alunos matriculados no 5º período do curso de graduação de Medicina da Fundação Educacional de Votuporanga. Em seguida, houve aplicação do projeto de intervenção em conjunto com o curso de Nutrição do mesmo Centro Universitário, no qual foram realizadas palestras e exposição de vídeos educativos. Com o resultado obteve-se dados sobre o uso álcool, prática de atividade física e ingesta de alimentos gordurosos, entre outros. Em relação ao consumo de álcool, uma minoria nunca ingeriu álcool, e a maioria não realiza atividade física, além disso, grande parte ingere alimentos gordurosos e doces. Concluiu-se que falta a cultura da prevenção no homem, o que acarreta uma menor expectativa de vida, sendo fundamental uma aplicação concreta da PNAISH, aliada a campanhas de conscientização para mudar esse cenário desanimador. Palavras-chave: Hipertensão Arterial. Diabetes Mellitus. Política Nacional da Saúde do Homem.

REFERÊNCIAS:

 

PNAISH. 10 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRANDAO, A. A. et al. Conceituação, epidemiologia e prevenção primária. J. Bras. Nefrol., São Paulo, v. 32, supl. 1, p. 1-4, Sept. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/jbn/v32s1/v32s1a03.pdf; Acessado em: 03/09/2016.

 

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Hipertensão arterial sistêmica para o Sistema Único de Saúde / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. ¿ Brasília: Ministério da Saúde, 2006. Disponível em: http://dab.saude.gov.br/docs/publicacoes/cadernos_ab/abcad15.pdf; Acessado em: 03/09/2016.

 

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem: princípios e diretrizes. ¿ Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2008. 44p.: il. ¿ (Série A. Normas e Manuais Técnicos). Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_atencao_saude_homem.pdf; Acessado em: 03/09/2016.

 

BRASIL a. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: diabetes mellitus / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. ¿ Brasília: Ministério da Saúde, 2013. 160 p. : il. (Cadernos de Atenção Básica, n. 36). Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/caderno_36.pdf;

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga