TREINAMENTO DE PRIMEIROS SOCORROS NO SUPORTE BÁSICO DE VIDA EM ESCOLA DE UMA CIDADE DO INTERIOR DE SÃO PAULO

Gabriela Violin Guerreiro, Heloísa Vieira Marangao, Kassia Ellem Mendes de Almeida, Tayná Satel Martins, Maria Aparecida do Carmo Dias

Resumo


A escola tem representado um importante local para o encontro entre saúde e educação abrigando amplas possibilidades de iniciativas tais como: ações de diagnóstico clínico e/ou social estratégias de triagem e/ou encaminhamento aos serviços de saúde especializados ou de atenção básica; atividades de educação em saúde e promoção da saúde. Estas iniciativas têm sido identificadas sob o termo saúde escolar utilizado para designar ações que objetivam proporcionar condições adequadas à realização do processo educacional que requer condições mínimas de saúde. Os acidentes são acontecimentos que ocorrem independente da vontade das pessoas e em sua maioria, causam lesões físicas e psicológicas a vítima, que dependendo da gravidade do fato passa a necessitar de socorro imediato por parte de outras pessoas para manter seus sinais vitais evitando sequelas e aumentando suas chances de sobrevivência até que receba atendimento especializado. Os primeiros socorros são técnicas empregadas em prol da vida da vítima e pode ser realizada por qualquer pessoa, desde que esta tenha conhecimentos e habilidades para agir adequadamente. Baseado neste conhecimento, o objetivo deste trabalho foi treinar alunos da escola pública a dar os primeiros socorros no suporte básico de vida. As atividades ocorreram no mês de agosto e setembro de 2017, durante a semana, no período noturno. Foram realizadas pelos acadêmicos do 8° período de enfermagem da UNIFEV. As atividades foram desenvolvidas utilizando metodologias ativas e participativas. No período, houve a participação de 305 alunos de idade entre 16 a 30 anos. Conclui-se que é de suma importância que a sociedade se conscientize quanto o valor de realizar um curso básico de primeiros socorros mesmo que não faça parte das exigências de sua profissão, tendo em vista que em qualquer lugar que estiver, alguém poderá precisar de ajuda.

Palavras-chave: Primeiros socorros. Suporte Básico de Vida. Emergência.

 

REFERÊNCIAS:

 

RAGADALI FILHO, Álvaro; PEREIRA, Nerdilei Aparecida; LEAL, Ivonilde; ANJOS, Quésia da Silva dos; LOOSE, Janaina Teodósio Travassos. A importância do treinamento de primeiros socorros no trabalho. Revista Saberes, 2015. Disponível em: http://facsaopaulo.edu.br/media/files/35/35_1390.pdf. Acesso em: 16 de outubro de 2017.

 

CASEMIRO, Juliana Pereira; FONSECA, Alexandre Brasil Carvalho; SECCO, Fabio Vellozo Martins. Promover saúde na escola: reflexões a partir de uma revisão sobre saúde escolar na américa latina. Revistas Científicas de América Latina, 2013. Disponível em: http://www.redalyc.org/html/630/63030163016/. Acesso em: 16 de outubro de 2017.

 

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Política Nacional de Promoção da Saúde / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. ¿ 3. ed. ¿ Brasília: Ministério da Saúde, 2010. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_promocao_saude_3ed.pdf. Acesso em: 16 de outubro de 2017.

 

AMERICAN HEART ASSOCIATION. Atualização das Diretrizes de Ressuscitação Cardiopulmonar e Atendimento Cardiológico de Emergência, 2015. Disponível em: https://eccguidelines.heart.org/wp-content/uploads/2015/10/2015-AHA-Guidelines-Highlights-Portuguese.pdf. Acesso em: 17 de outubro 2017.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga