A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE ESTOQUE E SEUS CUSTOS: ESTUDO DE CASO REALIZADO EM UM SUPERMERCADO NA REGIÃO DE VOTUPORANGA - SP

Thais Fernanda Ferraz Baroli, Giselly Fernanda Rodrigues Peres, Andrey Pelicer Tarichi

Resumo


As empresas que possuem um sistema para trabalhar com gerenciamento de armazenagem de materiais e produtos, como um requisito fundamental, conseguem a movimentação de entradas e saídas imediatas, facilitando a identificação de erro e prevenção, caso exista. As informações de repositório da empresa são importantes para o negócio influenciando absurdamente na tomada de decisão e na identificação de estratégias. Um dos métodos de controle de estoque é a modalidade chamada curva ABC. Trata-se de uma técnica indicada para manejar toda a informação de estoque relacionados à quantidade de vendas e pedidos. Pode-se classificar os produtos por categorias como A (prioridade alta), B (intermediária) e C (produtos rotineiros). Portanto, a empresa que faz o uso de tecnologias e ferramentas de gerenciamento, como a Curva ABC, tem auxilio na identificação para reposição de estoque, consegue determinar quais produtos devem ser adicionados e também favorece informação para ação rápida referentes as perdas de produtos. Desta forma, produtos  com embalagem danificada ou algo que não prejudicou sua qualidade, são utilizados como consumo, especialmente os produtos da linha FLV. Quando estão em perfeito estado de uso são vendidos sob a forma de picados. Já os produtos considerados impróprios para consumo são baixados por perdas. Com esses procedimentos, principalmente o de utilização de FLV, onde os produtos são vendidos em outro formato ou utilizados na fabricação de alimentos, os índices de perdas diminuíram consideravelmente e a adoção desse controle deixa o estoque mais próximo da realidade, sendo um fator primordial para a saúde financeira da empresa. O trabalho tem como objetivo identificar se a empresa possui controle de estoque e com isso mostrar como a gestão de estoque pode contribuir para reduzir significativamente os custos no supermercado. Para isso, foi realizado um estudo de caso em um supermercado na região de Votuporanga/SP através de entrevista apresentada ao proprietário e com base em todos os fatos e controles apresentados. Como resultados, foram definidas quais as técnicas são utilizadas, onde também, surgem propostas de melhorias baseadas no controle de estoques e custos da empresa. Sem a utilização da curva ABC a empresa teria dificuldade nas compras dos produtos e na ruptura dos mesmos, prejudicando também, o controle de perdas e a visão concreta dos fatos que ocorrem dentro da empresa. Com base nisto, conclui-se que, os métodos propostos tornam possível minimizar os custos e também os índices de perdas, gerando informação relevante para amparar uma eficiente gerencia.

Palavras-chave: Gestão. Estoque. Custo.

 

REFERÊNCIAS:

HARB. As Competências Organizacionais Nos Segmentos de Hipermercado e Supermercado no Brasil. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/102574/221608.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em 15/10/2016.

 

DANTAS, J. C. A. A importância do controle de estoque: estudo realizado em um supermercado na cidade de Caicó/RN. Disponível em: https://monografias.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/1878/3/A%20import%C3%A2ncia%20do%20controle_Monografia_Dantas.pdf. Acesso em: 02/02/2017.

 

MORAIS, M. M. Planejamento da produção e gestão de estoques de uma indústria madeireira de pequeno porte. Disponível em: https://www.ufsj.edu.br/portal2-repositorio/File/coenp/TCC%20-%20Marcelle%20Morais.pdf. Acesso em: 02/02/2017.

 

O ESTADO DE S.PAULO. 7 Cuidados com o Estoque. Disponível em: http://www.sm.com.br/detalhe/ultimas-noticias/sete-cuidados-com-o-estoque. Acesso em: 23/01/2017.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga