A ORLA DA LINHA FÉRREA DE MERIDIANO: MUROS, OLHARES, HISTÓRIAS E VIVÊNCIAS

Jefferson Anthero, Janaina Andréa Cucato

Resumo


O objetivo é estudar o processo de uso e ocupação do espaço urbano e parte da malha ferroviária que passa pelo núcleo urbano da cidade de Meridiano-SP, evidenciando o processo de evolução da cidade através da chegada da estrada de ferro e o quanto isso foi importante para que a cidade pudesse se desenvolver. Sendo assim, mostra que o processo de uso e ocupação dos espaços urbanos é importante e merece ser valorizado seja ele cheio, vazio ou em ruínas. Por fim, busca entender o porquê do abandono em áreas onde se encontram as estradas de ferro, sendo ela tão importante por criar e desenvolver muitas cidades do noroeste paulista.

Palavras-chave: Evolução. Abandono. Espaço. Linha Férrea.

 

REFERÊNCIAS:

 

CORRÊA, Roberto Lobato. O Espaço. Editora p.28

 

CUCATO, Janaina Andréa. As disputas pelo território no espaço. urbano de Votuporanga-SP. Contradições no zoneamento de interesse social (ZEIS) 1996-2012. São Carlos, 2015.

 

CARLOS, Ana Fani Alessandri. A cidade. 5ª ed. São Paulo. Editora Contexto, 2001.

 

CALVINO, I. Cidades Invisíveis, 1972.

 

DELEUZE, Gilles. A filosofia crítica de Kant. Trad. Germiniano Franco. Lisboa: Edições 70, 1987.

 

GEHL, Jan. Cidade Para Pessoas, 2013.

 

JACOBS, Jane. Morte e Vida de Grandes Cidades. 3ª ed. 2014. Martins Fontes.

 

LEI 6.766/79 - PARCELAMENTO URBANO/LIMITAÇÕES DE CONSTRUÇÃO.

 

LYNCH, Kevin. A Imagem da Cidade, Arte e Comunicação edições 70.

 

LUGARES ESQUECIDOS. Disponível em: http://www.lugaresesquecidos.com.br/2012/06/o-explorador-das-antigas-ferrovias.html.

 

MONBEIG, Pierre. Pioneiros e Fazendeiros de São Paulo, 1984.

 

MERLEAU-PONTY, Maurice. Notes de cours sur 'L'origine de la géométrie' de Husserl. Paris: PUF, 1998. (Épiméthée).

 

MEDIANEIRAS. Disponível em: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-112440/criticas-adorocinema.

 

SOKOLOWSKI, Robert, 2004, p. 164. (Artigo: Fenomenologia do Espaço e do Habitar).

 

SANTOS, R. G. Fenomenologia do Espaço e do Habitar: Noites estreladas e invólucros simbólicos. V!RUS, São Carlos, n. 5, jun. 2011.

 

ORLANDI, 2001.

 

SANTOS, Rodrigo Gonçalves dos. Perceber o (in)visível: o corpo desenhando uma trajetória existencial no espaço e no objeto. 2011.

 

O ESPAÇO PÚBLICO COMO LOCAL A SER OCUPADO. (TFG. Carolina La Terza/USP-FAU2014).

 

PREFEITURA DE MERIDIANO. (Acervo Histórico).

 

PSICOLOGIA DA CIDADE. (PDF/Maria Luiza Nogueira UFMG).

 

SOMBRAS DA CIDADE: O espaço na narrativa contemporânea (PDF2011/Artigo Regina Dalcastagne).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga