DESAFIOS DA GESTÃO PROFISSIONAL EM UMA EMPRESA FAMILIAR

Fernanda Gomes Cardoso, Marisa Aparecida Ferreira

Resumo


A gestão de uma empresa familiar além de ter todos os desafios diários que toda empresa tem, possui o desafio de tomadas de decisões certeiras, por ser uma empresa passada de geração em geração, onde um dos objetivos é a credibilidade que o nome da família carrega para o negócio. Outro desafio é a falta de profissionalismo dos funcionários, que por terem intimidade, acabam tornando o ambiente de trabalho emocionalmente comprometido. Grzybovski et. al. (2002, p. 88) afirma que ¿a falta de diálogo entre os sócios também é um grande desafio para o gestor, afinal, quando os sócios não têm uma boa relação ou não se comunicam de maneira correta, inicia-se os conflitos, gera desconfiança até mesmo dentre os colaboradores.¿ O estudo tem o objetivo de analisar uma pequena empresa familiar, bem como seu crescimento, gestão, decisão e relacionamentos apontando os diversos desafios dentro da empresa familiar. "[...] as pessoas tomam decisões de maneiras diferentes e, obviamente isso repercute nos resultados ou nas consequências que elas provocam" (PEREIRA & FONSECA 1997, p. 117). Para isso, fez necessário o levantamento do histórico da empresa, o aumento de execução de projetos, índice de crescimento do número de funcionários e a atividade de cada um. Foi feito um questionário via e-mail com os funcionários diagnosticando cada perfil e seu envolvimento com o trabalho e empresa. E por fim, foi realizado um segundo questionário via e-mail com dois gestores, sendo um proprietário e outro, contratado para avaliar as divergências dos pontos de vistas sobre a gestão e desafios no negócio familiar. Bornholdt (2005, p.132) defende que ¿não existem formulas capazes de driblar esses desafios, contudo, o bom senso deve prevalecer¿. Considerando todas as informações e após avaliação, podem-se elencar diversos problemas apresentados nesta empresa, tais como: falhas na comunicação; falhas nas decisões tomadas; falhas na gestão da empresa e no relacionamento entre os proprietários, pois os mesmos misturam o pessoal com o profissional.  Para soluciona-los é aconselhável evoluir para uma maior integração entre os funcionários para que eles consigam se comunicar melhor, utilizar da ferramenta do planejamento no momento de tomar decisão, oferecer treinamentos, buscar assessoria de um coaching de carreira para obter o desenvolvimento e conseguir uma melhor forma de gestão e assim compreender a importância de separar o ambiente de trabalho do ambiente pessoal. Constatou-se que apesar dos desafios essa empresa tem um enorme potencial de crescimento a ser explorado por apresentar ideias jovens que acompanham as inovações do mercado. Para Oliveira (2014, p. 100) ¿as empresas de controle familiar, quando bem geridas, têm muito a ensinar, principalmente pela resiliência que possui¿.

Palavras-chave: Administração. Empresa familiar. Gestão Familiar.

 

REFERÊNCIAS:

 

BORNHOLDT, W. Governança na empresa familiar: implementação e prática. Porto Alegre: Bookman, 2005.

 

GRZYBORSKI, D., TEDESCO, J.C.: Empresa Familiar x Competitividade: Tendências e Racionalidades em conflito. Teor. Evid Econ, v. 6, n. 11, novembro 2002

 

OLIVEIRA, M. A., & Nakano, T. C. (2014). Revisão de pesquisas sobre criatividade e resiliência. Temas em Psicologia

 

PEREIRA, Maria José Lara de Bretãs; FONSECA, João Gabriel Marques. Faces da Decisão: as mudanças de paradigmas e o poder da decisão. São Paulo: Makron Books, 1997.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga