O JORNALISMO EM DOIS TEMPOS

Erica Catiane Oliveira da Silva, Silvia Brandão Cuenca Stipp

Resumo


Este artigo estudou o jornalismo antes do surgimento da internet, referente ao cotidiano e produção de conteúdo, e da mesma forma fez com a profissão pós evolução da tecnologia, principalmente em relação a invenção de websites e as redes sociais. Desde o seu surgimento, em meados do século XVII, o jornalismo enfrentou diversas transformações para sempre estar de acordo com as necessidades do público. Uma de suas maiores atualizações veio em decorrência da internet, principalmente no Brasil, já que mais da metade da população tem acesso a rede de alguma forma, segundo pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A relação do leitor com a mídia incentivou o jornalismo a migrar para a web e, consequentemente, reformular o modo como é produzido às reportagens, mantendo a linha de produção, porém com uma linguagem um pouco mais descontraída. Para realizar este estudo, a metodologia deste trabalho como um todo foi dividida em duas etapas. O primeiro passo, foi realizar um estudo bibliográfico através de livros e artigo cientifícos para entender e contar a história do jornalismo convencional (MARTINS; LUCA, 2013), bem como a evolução da profissão com a parceria das redes e como interfere diretamente na comunicação social (VAZ, 2015 e FERRARI, 2004), assim como na produção e as novas condutas do jornalismo, influenciando no surgimento do Webjornalismo (PRADO, 2002). O segundo passo foi desenvolver uma pesquisa de campo, com duas entrevistas de profissionais para a criação de um documentário, no caso, uma jornalista com mais experiência e outra formada recentemente. A mídia audiovisual expôs relatos e experiências, em que o tema abordado foi à internet e as redes sociais, como ferramenta de produção e trabalho no Webjornalismo. Concluído o artigo e o documentário, constatou-se que o jornalismo que antecede a era da tecnologia não se compara, em questões de agilidade de contato e produção, com o jornalismo das mídias sociais, no entanto, apesar dos métodos diferentes, a função principal da profissional de transmitir informação permanece intacta.

Palavra-chave: Jornalismo. Internet. Redes.

 

REFERÊNCIAS:

 

FERRARI, Pollyana. Jornalismo digital. São Paulo: Contexto, 2004.

MARTINS, Ana Luiza; LUCA, Tania Regina de. História da imprensa no Brasil. 2.ed. 2ª reimpressão. São Paulo: Contexto, 2013.

 

PRADO, Magaly. Webjornalismo. Rio de Janeiro: LTC, 2011.

 

VAZ, Welton Rodrigues. A evolução da internet 1.0 a 3.0. In: Web Artigos, Julho. 2015. Disponível em: http://www.webartigos.com/artigos/a-evolucao-da-internet-1-0-a-3-0/134074/. Acesso em: 17/05/2017.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga