RÁDIO COMUNITÁRIA: PROGRAMAÇÃO JORNALÍSTICA LOCAL PARA STÚDIO FM DE OUROESTE- SP

Gabriela dos Santos Barreto, Vera Lucia Guimarães Rezende

Resumo


Mesmo com a evolução dos meios de comunicação o jornalismo nas pequenas cidades do interior do estado de São Paulo ainda é carente de informações locais. Os veículos, em especial emissoras de rádio comunitárias, trabalham com informações regionais e da capital, como forma de reduzir custos abrindo espaço para o conteúdo jornalístico fornecido por agências ou ainda de plataformas gratuitas. O problema é que essas ferramentas não produzem notícias atuais de caráter local, privando os ouvintes de informações de sua comunidade. O presente trabalho constatou tal situação na localidade de Ouroeste, a 71 quilômetros de Votuporanga, onde existe apenas uma emissora de rádio. A demanda por conteúdo informativo local foi verificada por meio de pesquisa de campo junto aos moradores da cidade, cuja maioria de entrevistados afirmou faltar na grade de programação da Stúdio FM, jornalismo local (22%), além de temas como cultura (17%), prestação de serviço (14%), cobertura esportiva (14%) e entrevistas (12%). A partir destes dados, foi apresentada a proposta de noticiário ao vivo para referida emissora, o Jornal de Ouro, que além de atender demanda da audiência, deverá gerar renda, por meio do apoio cultural previsto na legislação da Radiodifusão Comunitária, a Lei 9612/98. Dessa maneira, a rádio Stúdio FM poderá oferecer conteúdo local e regional identificado com seus ouvintes, fortalecendo-se como meio de comunicação comunitária.

Palavras-chave: Rádio Comunitária. Jornalismo Local. Radiojornalismo. Utilidade Pública.

 

REFERÊNCIAS:

 

BARBEIRO, Heródoto; LIMA, Paulo Rodolfo. Manual de Jornalismo para rádio, TV e novas mídias. 1. ed. São Paulo: Campus, 2012.

 

CHANTLER, Paul; HARRIS, Sim. Radiojornalismo. 2. ed. São Paulo: Summus Editorial, 1992.

 

DIAS, Morais. Rádio Livre: um espaço experimental no ensino de rádio. INTERCOM, Rio de Janeiro: INTERCOM,1999.

 

DORNELLES, Beatriz. Jornalismo "comunitário" em cidades do interior: uma radiografia das empresas jornalísticas: administração, comercialização, edição e opinião de leitores. Porto Alegre: Editora Sagra Luzzatto, 2004.

 

FEDERICO, Maria Elvira Bonavita. História da comunicação, rádio e TV no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1982.

 

FERRARETTO, Luiz Artur. Rádio: o veículo, a história e a técnica. 2. ed. Porto Alegre: Editora Sagra Luzzatto, 2001.

 

JUNG, Milton. Jornalismo de Rádio. Editora Contexto, São Paulo: 2004.

 

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. São Paulo:1993.

 

LUZ, Dioclésio. Trilha apaixonada e bem-humorada do que é e de como fazer Rádios Comunitárias, na intenção de mudar o mundo. Brasília: Produção Independente, 2001.

 

NEUBERGER, Rachel Severo Alves. O rádio na era da convergência das mídias. Cruz das Almas: UFRB, 2012.

 

ORTRIWANO, Gisela Swetlana. A informação no rádio: os grupos de poder e a determinação dos conteúdos. São Paulo: Summus Editorial, 1985.

 

PERUZZO, Cicilia. Comunicação nos movimentos populares. Petrópolis: Vozes, 1998.

 

PORCHAT, Maria Elisa. Manual de Radiojornalismo: Jovem Pan. 3 ed. São Paulo: Ática, 1993.

 

PARADA, Marcelo. Rádio 24 horas de jornalismo. 2 ed. São Paulo: Editora Panda, 2000.

 

PRADO, Emilio. Estrutura da Informação Radiofônica. 5 ed. São Paulo: Summus Editorial, 1989.

 

RUAS, Cláudia. Rádio comunitária: uma estratégia para o desenvolvimento local. Campo Grande: UCDB, 2004.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga