CULTURAL FESTIVALS

Luana Aparecida Nazzi LARANJA, Pamela Suelen Neves de SOUZA, Camilo Augusto Giamatei ESTELUTI

Resumo


Este trabalho consiste nos resultados obtidos a partir de um projeto desenvolvido no Pibid Letras-Inglês, que atua em uma escola pública no município de Votuporanga-SP. Sabendo-se, por alguns motivos,  que parte dos alunos tem cada vez mais menos interesse em aprender a língua inglesa nas escolas públicas, o intuito do projeto foi desenvolver as quatro habilidades da língua - compreensão oral, fala, leitura e escrita, e por meio delas, aproximar os alunos da língua-alvo com base em uma técnica chamada \"Simulação Global\", cujo objetivo é, de acordo com Khoury (2008), simular a realidade por meio do conhecimento que o aluno já tem da língua e de sua imaginação. Como procedimento metodológico inicial, foi utilizada uma apresentação em slides em que foram apresentados os festivais de música mais famosos do mundo, momento em que se trabalhou o léxico especializado de cada evento abordado, para que os alunos o utilizassem em uma situação real de comunicação. Foram realizadas atividades como leitura dramatizada, envio de mensagens para amigos, encenação de ida a um festival e caracterização de personagens, já que para Wilkins (1972), aprender um vocabulário é aprender como as palavras estão relacionadas umas com as outras e também com o contexto externo. Dessa forma, o projeto culminou em um dia de \"festival\", em que os alunos se caracterizaram de acordo com o evento que mais gostaram e ouviram músicas em inglês. O resultado obtido mostrou-se satisfatório, visto que os alunos se engajaram nas atividades de modo prazeroso, pois conseguiram enxergar a língua inglesa sendo ensinada e aprendida em um contexto que fazia parte de sua realidade, tornando o aprendizado mais interativo.

Palavras-chave: Ensino de língua inglesa. Léxico. Simulação Global. 


Texto completo:

PDF

Referências


KHOURY, Zeina. A simulação global como atividade mediadora na aprendizagem do vocabulário em aulas de francês como língua estrangeira: criar para aprender e interagir. 2008. 331 f. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade de São Paulo, São Paulo. 2008

WILKINS, David. Linguistics in language teaching. London: Edward Arnold, 1972.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga